Intérprete

Roberto Corrêa  sempre teve o compromisso de apresentar a viola como instrumento solista. Cumprindo seu ideal, tornou-se mais que compositor e arranjador: é um instrumentista que explora os potenciais da viola caipira e da viola de cocho. Considerado um virtuose da viola, ele se destaca no cenário da música instrumental brasileira, ampliando a visibilidade para o instrumento.

Com atuações bastante diversificadas, ele já desenvolveu trabalhos como solista, junto a Orquestras; em parceria com outros artistas, como o rabequeiro Siba e os violeiros Paulo Freire e Badia Medeiros; em duos de voz e viola, com as cantoras Inezita Barroso e Ely Camargo; além de seus trabalhos solo.

Obras de referência: Os CDs “Crisálida”, “Extremosa-rosa” e “Mestres do Rasqueado” e o DVD “Orquestra do Estado do Mato Grosso”.